Foco e Disciplina: Leonel perdeu 16kg em 6 meses.

FullSizeRender (1)

leonel emagrecimentoO Leonel é meu aluno desde o começo do ano. Antes de começar a treinar comigo as atividades físicas dele eram futebol uma vez por semana e musculação. Na época ele pesava 111kg e queria emagrecer, mas tinha muita dificuldade. Foi por esse motivo que ele me procurou. Planejamos um treinamento funcional adaptado para os gostos e objetivos dele, incluindo trabalhos específicos com bola. Além disso, passamos a dar atenção à alimentação. Atleta dedicado, focado e sempre confiante no trabalho que estávamos fazendo juntos. Estabelecemos uma meta inicial na nossa parceria: baixar o peso para dois dígitos na balança até a data do seu aniversário, dia 23 de fevereiro. Nossa missão foi cumprida com sucesso! Hoje o Leonel já perdeu mais de 16kg. Motivado por esse resultado, o Angelo, irmão do Leonel, me procurou para treinar também. Só tenho a agradecer pela confiança e dizer que tenho muito orgulho de tê-los como alunos. Na última aula eles fizeram um treino ótimo juntos. Confere nos vídeos abaixo.

Com foco, persistência e a ajuda certa todo mundo pode chegar ao seu objetivo. Vem pro treino!

Anúncios

Prática de exercícios físicos no Brasil ainda está longe do ideal.

treino-funcional-ar-livre

O exercício físico oferece melhorias fisiológicas, estéticas, mentais, psicológicas e sociais. Para falar sobre isso, o Saúde sem Complicações desta semana entrevista o professor Carlos Roberto Bueno Júnior, da Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto (EEFERP) e coordenador do Núcleo de Estudos em Saúde, Genética e Educação Física (Nesgef), ambos da USP.

De acordo com o professor, a população conhece os benefícios, mas não pratica exercício físico. No Brasil, cerca de 30% das pessoas atingem o mínimo recomendado de 150 minutos semanais de atividades físicas. “Penso que o grande desafio é as pessoas verem o sentido nessa prática, que tenham prazer e mantenham o hábito saudável”, afirma.

Todo indivíduo pode se exercitar, explica, mas é preciso ser adequado pela faixa etária, por exemplo. Para ele, a escolha da melhor atividade física é aquela que traz um significado, já que durante as práticas acontecem inúmeras alterações hormonais que causam o prazer.

Doenças como diabete, hipertensão arterial, dislipidemia (alteração dos níveis de colesterol no sangue) e obesidade podem ser evitadas com a prática de exercícios físicos. “E também a depressão e ansiedade, além da liberação dos hormônios, os benefícios aparecem na melhora da autoestima em relação ao corpo e nas interações sociais que o exercício pode proporcionar”, avalia.

Entre os benefícios, o aumento da expectativa e da qualidade de vida das pessoas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), o paciente recebe instruções de fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais. Por isso, o professor destaca a importância das equipes multidisciplinares e a interação entre as áreas da saúde.

O professor fala sobre as dietas que fazem sucesso na internet e alerta para aquelas que não funcionam a longo prazo. “Diminuir a quantidade de alimento não significa emagrecer, já que esse emagrecimento pode estar ligado à perda da massa muscular e não de gordura.”

Fonte: Jornal da USP (áudio da entrevista em http://bit.ly/2uazvzc )

4 hábitos que, combinados, te ajudam a ter uma vida mais saudável.

vida-saudavel

Não é novidade para ninguém que estamos vivendo no mundo da preguiça, do junk food, do sedentarismo e das doenças de todos os tipos. Mas sabemos também que uma grande parte das pessoas luta diariamente contra isso e quer levar uma vida mais saudável; outros querem, mas não sabem por onde começar. E há também os que começam a tentar, mas param no meio do caminho. Pensando nisso, mostramos para você que há várias formas de começar a ter uma vida saudável, sem fazer sacrifícios.

1. Entenda seu organismo
Antes de mais nada, é preciso saber o que é bom para você ou não. Não adianta se matar de fazer exercícios físicos, se entupir de remédio e comer pouco achando que trará resultados; não prejudique sua saúde. Primeiro entenda o que seu corpo precisa, consulte um especialista e se dedique.

2. Um bom sono é a base de tudo
Se você tem um sono turbulento ou dorme pouco, é bom tentar reverter esse quadro. Um jovem adulto, entre 18 e 25 anos, por exemplo, precisa dormir oito horas por noite.

3. Pratique exercícios físicos moderadamente
Como dito antes, é essencial se exercitar, porém, o exercício físico requer cuidado. Deve-se também procurar um especialista antes de se exercitar e é recomendável que busque um exercício que te dê prazer.

4. Alimentação balanceada
Como todos devem saber, deve-se manter uma alimentação equilibrada e balanceada, misturando proteínas, carboidratos, sais minerais, etc. Também é essencial beber dois litros de água por dia.

Fonte: Portal 1 News