Um único treino já provoca melhora no bem-estar.

corredora-legal

Não é novidade que praticar atividade física regularmente melhora o humor, reduz o stress e o risco de depressão. Há tempos, corredores se vangloriam do “bem-estar” após a corrida, relatando sentimentos de euforia e menos ansiedade. Agora, um novo estudo acaba de mostrar que um treino um pouco mais intenso já é o suficiente para alcançar esses benefícios, segundo informações do tabloide britânico on-line Daily Mail.

De acordo com pesquisadores de neurociência da Universidade de Nova York, nos Estados Unidos, apenas uma seção de atividade física já é capaz de causar alterações neurológicas que melhoram até mesmo funções cognitivas, como a resolução de problemas e a capacidade de memória.

“A prática de exercícios tem sido utilizada para ajudar a tratar inúmeros problemas, desde deficiências cognitivas do envelhecimento natural e Alzheimer até deficiências motoras do Parkinson e estados de humor na depressão.”, disse Wendy Suzuki, autora da pesquisa, ao Daily Mail.

REAÇÕES QUÍMICAS

Os efeitos comportamentais mais consistentes do exercício a curto prazo são a melhora do humor, das funções cognitivas e diminuição dos níveis de stress, de acordo com os pesquisadores. Eles também observaram que depois de um exercício, o cérebro é ativado em múltiplas áreas, devido a liberação de dopamina, serotonina, epinefrina e noradrenalina, responsáveis pelo humor e redução do stress.

Essas substâncias químicas funcionam como um antidepressivo natural, oferecendo ao corpo um sentimento positivo de euforia. Por conta delas, a atividade física faz as pessoas se sentirem melhores e diminui o risco de depressão, como já observado em estudos anteriores. A prática regular de exercícios físicos mostrou reduzir quase pela metade o risco do problema.

Fonte: Veja On-Line

Anúncios

8 Mitos e Verdades sobre Exercícios Físicos.

exercicio-fisico

Há tanta informação diferente sobre exercícios físicos que é natural que se sinta um pouco confuso e com dúvidas sobre qual tipo de atividade é a ideal para os resultados que quer atingir.

Por isso, selecionamos alguns dos mitos e verdades que ouvimos por aí e explicamos como estas práticas funcionam ou não.

1. Fazer exercícios de abdominais queimam gordura abdominal
Na verdade, o exercício que contenha exercícios localizados, como os abdominais, apenas trabalham o músculo e fazem com que ele se desenvolva mais rapidamente. O exercício físico que queima gordura abdominal, ou qualquer gordura corporal, é o cardio, ou seja, aeróbicos, corridas, caminhadas, andar de bicicleta. Por isso, esta informação é um mito.

2. Fazer exercício físico com muita roupa ajuda a emagrecer
É muito comum relacionar a quantidade de suor que largamos ao fazer exercício com a quantidade de calorias que se gasta no treino. Por isso, é normal que vá encontrar esta informação em dicas para emagrecer mais rapidamente. Fazer exercício físico com muita roupa só vai fazer com que o seu corpo perca mais água (em forma de suor) mais rapidamente, desidratando-o. Isto não vai fazer com que queime mais calorias.

3. É impossível eliminar celulite com o exercício físico
Aqui, encontramos uma meia-verdade. A celulite não pode ser eliminada, mas pode ser suavizada. O exercício físico, como ajuda a circulação, vai diminuir o efeito visual da celulite na sua pele. E, por outro lado, os exercícios de força vão fortalecer a elasticidade da pele e prevenir que o seu corpo ganhe mais celulite.

Se quer combater a celulite, aposte no seguinte trio: beba muita água, faça boa alimentação e pratique exercício regularmente.

4. Os músculos precisam de algum tempo de descanso
Verdade. Os músculos também precisam de algum tempo para recuperar de uma sessão de exercício físico. Por isso é que se recomenda a ingestão de proteínas e carboidratos para ajudar na recuperação do tecido muscular depois de exercício físico intenso.

5. É preciso treinar durante uma hora para ver resultados
Os resultados do exercício físico não são proporcionais às horas que treina. É claro que se fizer exercício físico intensivo vai queimar mais calorias do que se fizer um mais leve. No entanto, se ingerir no seu dia a dia mais calorias do que as que gastou, não interessa as horas que passa a treinar. Por isso, quando estiver montando seu plano de exercício físico, lembre-se que tem que queimar mais calorias do que as que ingeriu e que os resultados vão variar de acordo com o tipo de exercícios e o nível de esforço que o seu corpo fizer.

6. Subir escadas em vez de usar o elevador serve de exercício físico
Apesar de não substituir, pode ser mais um tipo de exercício físico a considerar. Se utilizar as escadas no seu cotidiano, vai fazer algum cardio, enquanto melhora a sua resistência física.

7. Correr faz mal aos joelhos
Mito. As pessoas não tem problemas nos joelhos só porque praticam corrida. No entanto, é preciso ter alguns cuidados. O ideal é intercalar exercícios de força com a corrida. Este plano de exercícios vai fortalecer os seus músculos e prevenir futuras lesões.

8. Fazer alongamentos ajuda o corpo a recuperar mais depressa
Não necessariamente. Os alongamentos, antes e depois do exercício, não ajudam o corpo a recuperar a energia mais rapidamente. Entretanto, tem outros tipos de benefícios para o seu corpo. Os alongamentos antes do exercício ajudam a aquecer gradualmente os músculos para que depois não sofra uma lesão. Depois do exercício físico, os alongamentos ajudam a aumentar a mobilidade das articulações.

O exercício físico pode trazer vários benefícios à sua saúde e ao seu corpo, mas é preciso que saiba como deve fazer e como aproveitar as vantagens dos seus resultados. Agora está na hora de fazer um plano completo que se adeque ao seu corpo e às suas necessidades. Você vai ganhar saúde e energia!

Fonte: Blog Natiris (Portugal)